Descubra-se.

Olá pessoas do meu Brasil, tudo bem com vocês? Eu espero que sim!
Eu disse que viria, e aqui estou eu.
Bom, o assunto de hoje é algo que eu amo compartilhar, e foi o que eu mais compartilhei la no meu instagram esse ano.

Autocuidado, autoconhecimento e autoestima.

Estão preparados pra isso?

Primeiramente quero que saibam que é a minha opinião sobre o assunto, e que são coisas que funcionam pra mim, e vem funcionando pra uma galera que me segue.

Bom, quem me conhece pessoalmente sabe que eu sou sim essa pessoa, que tenta ver o lado bom em tudo. E com isso, eu decido o que é valido ou não.

Quando eu estudava, na época do ensino fundamental, muitos "amigos" queria me zoar (o famoso bullying), pelo simples fato de eu ser muuuuito magra (ainda sou magra, mas na época, só tinha osso mesmo kk). Porem o que eles não esperavam e que eu usaria essa zoação que eles me faziam, ao meu favor.
E foi nesse momento que a minha autoestima surgiu. Ao invés de ficar chateada e me vitimizando com o que estava acontecendo eu preferir ver o lado bom daquela situação e usar isso ao meu favor.
Eu me auto zoava tanto, mais tanto, que perdeu a graça das pessoas fazerem qualquer tipo de piadinha comigo.
Quando eu descobrir a autoestima, eu descobri que o espelho era o meu melhor aliado pra esse processo. E a partir dai eu comecei a me observar mais, a me olhar mais, a me amar mais, a me elogiar mais.
Você é perfeito, você é imagem e semelhaça DAQUELE que te criou, pense nisso.
Se ame, antes de tudo.
Hoje é quase que insuportável ficar perto de mim, e isso não é "me achar", isso é EU SER!
Hoje eu sei que eu sou a Lara Baião, sei que sou bonita, e que ninguém pode me dizer o contrario.



E como é engraçado esses processos né?

Pois é, ali, naqueles momentos, Lara e espelho, eu vim desenvolvendo e vendo quem eu sou. E eu acho que esse é processo mais lento. Ainda to nele, mais o processo de autoconhecimento é incrivel. Principalmente depois dos 18 anos.

Porque depois dos 18? 

Então pra mim foi assim, eu realmente comecei a enxergar quem eu sou de verdade depois dessa fase. A minha cabeça é a mesma de quando eu tinha 14, porque eu sempre tive certeza do que eu queria ser e de onde eu quero chegar. E eu estou sendo essa pessoa que eu sempre tive a certeza que seria . Sou a mesma pessoa dos meus 14, com as mesmas metas. Mas a Lara de 14 não tinha o conhecimento completo de si. E que bom que ela não tinha, porque ela viveu muito, ooooh se viveu. Obrigado Lara de 14, 15 e 16 anos por isso, por ter tido experiencias incríveis, que me ajudaram e me ajudam no meu processo de autoconhecimento. 
Hoje com 23 anos quase 24, venho tendo experiencias de autoconhecimento incríveis, quais eu jamais poderia imaginar.
Descobri que eu sou divertida, amiga, sou intensa e determinada e essas são algumas das minhas qualidades. Descobri também que sou teimosa, bruta e amiga demais e esse são alguns dos meus defeitos. 
E se descobrir e dizer quem você é, e a parte mais difícil desse processo. Quero muito continuar falando com vocês sobre isso. E continuar a me descobrir, vou compartilhando com vocês como está sendo, ta?


Contudo que eu venho passado esses anos, me conhecendo eu vi o quão eu sou importante pra mim mesma.Percebi que seu eu não tirasse um tempo pra mim, pra cuidar de mim, fazer as coisas que eu gosto de fazer, eu não estaria sendo justa.
Processos de desenvolvimentos são necessários, se eu tivesse me deixado abater por aquela situação que me ocorreu quando eu ainda era criança, talvez eu não estaria aqui escrevendo pra vocês desse jeito.
E eu sei que não é todo mundo que teve ou tem esse olhar pra situações que os levaram a ter a sua autoestima e a sua personalidade ferida. E eu sei o quão difícil é passar por esses processos. 

Mas eu quero te convidar a fazer um exercício. Eu não sou nenhuma especialista nesse assunto, mais eu quero te passar exercícios que funcionam comigo e vem funcionando com muitas amigas.  

Bom o primeiro de todos, eu quero te convidar a se olhar. Tire 20 minutos do seu dia e se olhe, se encare no espelho, repare bem nos seus traços, seus olhos, sua sobrancelha. Se olhe 20 minutos por dia sem apontar nenhum defeito. Só se olhe.
Continuando com exercício do espelho, aproveite esse tempo pra se cuidar. Passe um hidratante corporal, facial, perfume, sua make do dia, ou sem make mesmo. Aproveite esses 20, 30 minutos do seu dia, pra se cuidar, pra se olhar, pra se observar. 

Quando você adquirir esse habito, te convido a se conhecer, comece a fazer coisas que você gosta realmente de fazer e continue com as que você precisa fazer, e anote qual é o sentimento, a sessação que cada coisa te trouxe. Ao final de cada semana veja qual foi a atividade que lhe trouxe mais alegria, e continue a praticando.Quando você descobrir o que te faz bem, quero que você comece a se observar como pessoa, quem é você. E depois disso, vamos caminhar juntos nesse processo. 

E o mais importante, você irá determinar por quanto tempo irá praticar esses exercícios. Eu já estou ansiosa pra saber quem vai embarcar nesse processo de autoconhecimento comigo.

Talvez eu não seja a melhor pessoa pra te explicar teoricamente o porque isso funciona. Eu só sei dizer que funciona, e foi o que eu desenvolvi para os meus processos.

Bom, agora vou deixar uns links, de posts relacionados a esse tema que eu fiz la pelo meu instagram. E você está convidado a deixar sua opinião nos comentários, da publicações, e deste post também. 


E quero te lembra que o respeito e o amor próprio são fatores importantíssimos nesse processo. Se conheça, se ame, se cuide, seja você, seja livre!
Você é único!
Espero que tenha ajudado de alguma forma. E por favor, não digam que eu me acho demais, eu só aprendi a SER.
Com amor e carinho, Lara Baião ♥

                    

2 comentários:

Todos os comentários são bem vindos!

LARA BAIÃO
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL